Quer estar a par das novidades imobiliárias em Braga?

Subscreva a nossa newsletter e receba primeiro no seu email os mais recentes imóveis à venda!

Ao subscrever a newsletter está a concordar com a nossa Política de Privacidade.

Quer fazer uma tour em Braga?

O “Coração do Minho”, a “Cidade dos Arcebispos”, “Roma Portuguesa”, a “Cidade dos Três Sacro-Montes”… Qual é o nome que lhe fica melhor?

 

Braga apresenta lugares que, pela sua intrínseca devoção e beleza, se impõem como marcos de obrigatória referência e visita. O Santuário do Sameiro, o Bom Jesus e o Mosteiro de Tibães que assentam numa apelativa base religiosa, rodeiam-se de encantadores espaços verdes e paradisíacas paisagens.

 

O legado romano é outro dos fatores atrativos de Braga, frequentemente apelidada de ‘Roma Portuguesa’, fruto da sua origem na cidade romana de Bracara Augusta.

 

A longa história de Braga, que conta já com mais de 2000 anos, é visível em todo o esplendor dos seus monumentos, museus e igrejas.

 

Visitar Braga é fazer uma viagem no tempo dentro da modernidade. Cidade antiga e de religiosidade tradicional, vive de mãos dadas com o empreendedorismo e espírito jovem.

 

Desfruta de Braga e sente-te bem, nesta terra tão acolhedora, próxima, distinta e completa!

Sé Catedral

“Mais velho que a Sé de Braga” é uma expressão popular que é usada quando se pretende definir a antiguidade de algo, o que comprova o quanto antiga é a Sé. Iniciada no século XI, é uma construção nos estilos românico, manuelino e barroco.

 A catedral apresenta duas torres na fachada, o que a aproxima das grandes catedrais do românico português. No coro alto, o cadeiral e os órgãos, de talha dourada, são obras excecionais de conceção e execução.

Arco da Porta Nova

O Arco da Porta Nova é provavelmente uma das edificações mais icónicas da cidade, não só pelo que representa em termos arquitetónicos e urbanísticos, mas também porque será a este arco que Braga deve a expressão que costumamos ouvir quando alguém deixa uma porta aberta: "És de Braga?"

Foi uma das portas nas muralhas da cidade, rasgada em 1512, na época do Arcebispo de Braga, D. Diogo de Sousa.

Igreja do Pópulo

A Igreja localiza-se na Praça Conde de Agrolongo. Iniciada em 1596, a sua construção arrastou-se até ao século XIX.

Interiormente é decorada com azulejos com história, azuis e brancos e retábulos de talha dourada barrocos.

Bom Jesus do Monte

Os primeiros registos de actividade no Bom Jesus datam de 1373, com a construção de uma Ermida. No entanto, a construção da basílica foi iniciada em 1784 e concluída em 1811.

 

A expressão “ver Braga por um canudo” é das mais conhecidas e utilizadas pelos bracarenses e foi no Santuário que este dito popular teve a sua origem, pois é referente ao binóculo que estava num dos miradouros do Bom Jesus.

 

O Bom Jesus é também muito conhecido pelos seus escadórios Os Escadórios do Bom Jesus têm 573 degraus, distribuídos por 3 escadórios: Escadório do Pórtico, das Três Virtudes e dos Cinco Sentidos. 

Museu dos Biscaínhos

O Museu dos Biscaínhos surgiu em 1978 e atualmente leva-nos numa viagem pelo quotidiano de uma família nobre setecentista no seu palácio.

Este palácio, do século XVIII, demonstra-nos a arquitetura da época. Uma arquitetura grandiosa, trabalhada, cuidada e sempre associada à funcionalidade.

Largo do Santiago e Largo de São Paulo

São considerados os largos mais gratificantes do património urbanístico de Braga. Aí encontra o Seminário e a Torre de Santiago.

Largo do Paço Arquiepiscopal

Praça situada no centro histórico de Braga, onde pode encontrar o Chafariz dos Castelos, de 1723.

Santuário do Sameiro

O monumental Santuário do Sameiro, de estilo neoclássico, teve origem quando, em 1863.

É hoje o segundo maior centro de devoção mariana em Portugal, pelo que é local de visita obrigatória na capital minhota.

Mosteiro de Tibães

O Mosteiro de Tibães é um dos edifícios mais antigos da cidade de Braga. A sua origem remonta ao final do longínquo séc. X e início do séc. XI. 

Museu Regional de Arqueologia D.Diogo de Sousa

O Museu D. Diogo de Sousa, criado em 1918 e nomeado assim graças àquele que foi o arcebispo de Braga entre 1505 e 1532, é uma referência na área da Arqueologia.

O acervo do Museu inclui coleções de arqueologia de toda a região Norte de Portugal e dá a conhecer a história de Bracara Augusta, desde a época Paleolítica até à Medieval.

Termas Romanas de Maximinos

Entre 1977 e 1999, a Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho conduziu uma intervenção arqueológica no Alto da Cividade, em Braga, e lá foram encontradas umas ruínas que agora sabemos que correspondem às Termas Romanas que havia na cidade de Bracara Augusta nos inícios do século II.

Museu Pio XII

O Museu Pio XII foi fundado em 1957 pelo Cónego Luciano Afonso dos Santos, um curioso que durante vários anos se dedicou a escavações e que acabou por recolher material arqueológico que guardou na Domus de Santiago.

O Museu Pio XII, inaugurado em 05 de Dezembro de 2002, foca-se na Arqueologia e na Arte Sacra e conta a história da Humanidade desde que há registos, organizado cronologicamente pelas mais diversas épocas. 

Convento dos Congregados

Exemplar de arquitetura religiosa em estilo barroco. Foi erguido nos finais do século XVII pela Congregação do Oratório.

Igreja de Santa Cruz

Construída no século XVII em estilo barroco maneirista, possui no seu interior talha dourada invulgar.

Jardim de Santa Bárbara

Jardim público municipal, junto à ala medieval do Paço Episcopal Bracarense, onde está a estátua de Santa Bárbara.

Praça da República

Popularmente referida apenas como Arcada, a praça foi inaugurada no final da Idade Média. Situa-se no centro histórico da cidade.

Fonte do Ídolo

 Possivelmente construída no século I, a fonte é o único monumento romano de Bracara Augusta a ter sobrevivido intacto até hoje.

Museu da Imagem

Junto ao famoso Arco da Porta Nova, encontra-se este museu, sediado num edifício do século XIX e numa torre do século XIV da antiga muralha medieval  que apresenta exposições temporárias de fotografia de artistas nacionais e estrangeiros.

Jardim da Avenida Central

Jardim com abundante vegetação, canteiros floridos e bancos. De salientar uma fonte, um lago, um coreto e estátuas de individualidades.

Elevador do Bom Jesus

Situado no Monte do Bom Jesus, o funicular acompanha paralelamente a escadaria do Santuário do Bom Jesus pelo monte acima. 

O Elevador do Bom Jesus tem duas cabinas, que se movem sobre carris, ligadas por um cabo, servindo de contrapeso uma à outra. A força motriz é a água, ou seja, um sistema económico e não poluente. E ainda, a água despejada serve para regar os campos mais abaixo do monte.

O célebre Elevador do Bom Jesus foi o primeiro funicular construído na Península Ibérica e foi inaugurado em 1882.

Monte do Picoto

No Monte do Picoto existe um parque de aventura que promete um momento diferente a cinco minutos do centro da cidade. 

“Adventure with a view!” é a frase que está associada ao Parque de Aventura bracarense, aberto desde Março de 2019, e não podia ser mais adequado. Este é um parque de aventura destinado a várias idades e gostos.

Capela Árvore da Vida

No interior do Seminário Conciliar de São Pedro e São Paulo, em Braga, encontra-se a capela Árvore da Vida, um edifício religioso com a melhor arquitetura. 

Esta é uma obra que vale a pena visitar, não só pelo aspeto arquitetónico, mas também pelo místico.

Igreja de São Marcos

A Igreja de São Marcos data do séc. XVIII. Em estilo barroco, a verticalidade da Igreja, com as suas duas torres, contrasta com a horizontalidade das dependências hospitalares que se desenvolvem simetricamente, criando um conjunto harmonioso.

Na sua decoração exterior destacam-se as estátuas dos apóstolos em tamanho natural que marcam o ritmo da balaustrada superior. A meio da fachada da Igreja, num nicho, podemos ver a imagem de São Marcos.

Palácio do Raio

O Palácio do Raio foi construído entre 1752 e 1755, foi restaurado em 2015 e é agora um Centro Interpretativo completo que, ao longo de dez salas, nos mostra um espólio da Santa Casa da Misericórdia de Braga – são mais de 500 anos de história num edifício único que teve várias utilidades ao longo dos anos.

 

Fontes: cm-braga.pt

bragacool.com

webraga.pt

05 de Dezembro de 2019

Catarina MirandaAssistente Administrativa

Bimilenar e carregada de História! Vem connosco fazer uma Tour pela nossa cidade.

Quer estar a par das novidades imobiliárias em Braga?

Subscreva a nossa newsletter e receba primeiro no seu email os mais recentes imóveis à venda!

Ao subscrever a newsletter está a concordar com a nossa Política de Privacidade.
REDES SOCIAIS:

Está com dificuldades? Nós ajudamos!